DESCOBRIR
O PAUL NATURA

O Paul de Manique do Intendente, está localizado na União das Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de S. Pedro e Maçussa
no Município de Azambuja.

Durante décadas foi drenado artificialmente para produção agrícola sendo a última plantação realizada nos anos 80.

Nos anos 90, o Paul deixou de ser cultivado e voltou a ser um espelho de água importante para várias espécies que fazem a delícia de quem visita o Paul de Manique!

O PAUL NATURA dá-lhe as boas vindas!

DESCOBRIR
O PAUL NATURA

UM TESOURO ÀS PORTAS
DE LISBOA

Na zona Norte do Município de Azambuja encontra-se a ribeira do Judeu que pertence à rede de afluentes do rio Tejo. Esta ribeira, que ao longo de milhares de anos escavou o seu vale de Oeste para Este, une-se mais a jusante, a cerca de 3 km, à ribeira da Maçussa. A ribeira do Judeu, percorrendo um vale de vertentes assimétricas, encontra-se contida, a Sul, por uma vertente mais íngreme que pertence a um conjunto de colinas que não ultrapassam os 110 m de altitude, contrastando com a vertente Norte de inclinação mais suave onde os cumes das colinas não ultrapassam os 70 m de altitude. Serpenteando pelo seu vale, com fundo a cerca de 35 m de altitude, a ribeira do Judeu perpetua o seu trabalho erosivo, escavando materiais de idades e composições variadas.

 

Na zona de Manique do Intendente este vale alarga e apresenta o seu fundo mais aplanado, permitindo que ao longo de milhares de anos a ribeira, em períodos de maior caudal, inundasse estas duas margens (planície de inundação aluvial) criando aqui a existência de uma zona húmida onde os terrenos permanecem alagados durante a maior parte do tempo. Nesta depressão acumulam-se águas provenientes da ribeira do Judeu mas também as águas das nascentes que brotam dos calcários que circundam este vale. A disponibilidade permanente de água veio permitir a fixação de vegetação típica de zonas palustres, tornando estes solos muito ricos em matéria orgânica – assim nasceu o PAUL.

SOBRE

paul natura | 18 hEctares A PROTEGER

 

+180 ESPÉCIES | 5 ESPÉCIES "SIMPLESMENTE ÚNICAS"

gallery/Caimão (Porphyrio Porphoyrio)
gallery/lontra

Lontra | Lutra lutra

Caimão-comum | Porphyrio porphyrio

Cágado-de-carapaça-estriada | Emys orbicularis

É considerada uma espécie rara e em declínio na maioria das regiões onde ocorre, devido essencialmente à destruição dos seus habitats para fins agrícolas. Como o Paul deixou de ser cultivo e está neste processo de renaturalização esta espécie voltou ao Paul.  Conseguimos ver esta espécie em pequenas ilhas junto das colónias de aves, são fáceis de reconhecer devido às suas riscas e manchas amarelas.Outra causa apontada como motivo do seu declino é a introdução de espécies exóticas, entrando em competição direta com as espécies nativas, no entanto no Paul de Manique, conseguimos registar uma comunhão entre esta espécie e outras invasoras como a Tartaruga-de-Orelhas-Vermelhas (Trachemys scripta ssp. elegans).

Podem ser confundidos com galinhas-d'água, até porque no Paul o caimão divide o mesmo espaço que elas, a ilha central onde há a Tabúa-de-folha-larga (Typha latifolia), da qual ele se alimenta. Há anos o caimão estava em risco de desaparecer. Na década de 1990, a espécie começou a recuperar e com a simultaneidade da renaturalização do Paul de Manique, pode ser encontrado lá como espécie residente.

Curiosidades desta espécie: 

A longo dos anos a existência da Lontra no Paul de Manique foi sempre visto como um mito dos mais antigos. Mas nos últimos anos começamos a ver os seus vestígios no Paul, pegadas e dejetos, o que nos mostraram que a Lontra era uma residente.

Em 2019, conseguimos finalmente o seu registo fotográfico. Este ano já foram avistadas três lontras, uma delas é uma cria nascida no Paul.

gallery/CAGADO
gallery/Cegona-preta

Cegonha-preta | Ciconia nigra

gallery/Junco

Junco | Juncus valvatus

É uma espécie que não é residente no Paul, mas, que foi avistada lá em 2018. É mais uma espécie com estatuto de protegida que lá encontramos. É fácil identificar pois, tem o dorso, as asas, o pescoço e a cabeça preta e o abdómen branco. Esta ave é de difícil observação, fugindo ao menor sinal de perturbação.

É uma das espécies protegidas que podemos encontrar no Paul, foi das primeiras a ser identificada, motivo pelo qual foi utilizada como imagem no logotipo do Projeto Paul Natura.

UM TESOURO ÀS PORTAS
DE LISBOA

MAIS MARAVILHAS DO PAUL NATURA

1 ECOSSISTEMA COM HISTÓRIA ÀS PORTAS DE LISBOA

APRENDIZAGEM E BEM-ESTAR

O Paul Manique é um ecossistema único, espaço de observação, experimentação e aprendizagem oferecido aos jovens. Na Natureza o abstrato torna-se concreto. A criatividade e a capacidade de resolução de problemas são também expandidas e potenciadas. As aulas na Natureza têm um efeito positivo na saúde, bem-estar físico e psicológico das crianças e jovens e favorece aprendizagens e experiências autênticas nas quais os alunos se assumem como protagonistas.

O projeto aulas na natureza pretende sensibilizar os alunos dos Agrupamentos de Escolas de Azambuja, desenvolvendo atividades ao ar livre, pois a Natureza é a melhor sala de aula, instrumento essencial nas disciplinas de ciências e artes, potenciamos o conhecimento deste habitat de dezenas de espécies a observar e identificar, espécies migratórias e residentes.

As aulas são dinamizadas pelos técnicos da Autarquia do Ambiente, EMIC (Equipa Multidisciplinar de Intervenção Comunitária) em articulação com os Professores de Ciências e Biologia das turmas participantes dos Agrupamentos de Escolas de Azambuja, com a parceria Técnica da Universidade Lusófona e do ICNF.

Os trabalhos de investigação da Universidade Lusófona de Lisboa e as ações do projeto Ciência Viva iniciaram-se em Agosto de 2018, estas duas atividades surgiram da necessidade de estudar o Paul de Manique e dar a conhecer este ecossistema único.

Descrição da atividade desenvolvida no Paul: 

PROJETO RIOS

É um projeto ibérico coordenado, a nível nacional, pela Associação Portuguesa de Educação Ambiental (ASPEA) que consiste na adoção de um troço, de 500 metros, num rio ou numa ribeira, por um grupo que assume a responsabilidade de vigilância e proteção do mesmo. Este projeto visa valorizar a importância das linhas de água, através da observação, monotorização e a conservação dos vários troços adotados, promovendo a curiosidade cientifíca e conscientização cívica e ambiental.

O Agrupamento de Escolas do Alto da Azambuja, está neste projeto desde 2011, com um troço no Paul de Manique, onde tem desenvolvido um conjunto de atividades, como saídas de campos, levantamento histórico e a criação de uma base de dados que até então era inexistente.

Este projeto de Educação Ambiental é mais uma forma de proteger, conhecer e preservar este ecossistema tão importante e frágil que é o Paul.

CIÊNCIA VIVA E TRABALHOS DE INVESTIGAÇÃO

AULAS NA NATUREZA NO PAUL NATURA

AULAS NA NATUREZA NO PAUL NATURA

PROJETO RIOS

CIÊNCIA VIVA E TRABALHOS DE INVESTIGAÇÃO

MEDITAÇÃO MINDFULNESS NO PAUL NATURA

MEDITAÇÃO MINDFULNESS NO PAUL NATURA

Numa clara ligação entre o ecossistema e ser humano, por forma a promover o respeito e proteção da natureza e potenciando novas práticas para encontrar um lugar tranquilo e silencioso dentro de cada um para a redução do stress e viver a vida de uma forma mais prazerosa e plena, pretende-se desenvolver algumas oficinas de meditação Mindfulness, junto ao Paul Natura em Manique do Intendente.

Estudos sugerem que o grau de ligação do ser humano à natureza poderá ser um indicador importante na avaliação do nosso grau de disposição na adoção de comportamentos pró-ambientais.

Uma das razões que pode explicar o porquê de passar tempo ao ar livre faz aumentar a ligação do ser humano ao mundo natural prende-se com o carácter agradável da própria experiência. Investigação em adultos descobriu que estar em contacto com a natureza ajuda no restabelecimento da atenção, isto é, ajuda o cérebro a recuperar do excesso sensorial e cognitivo, reduzindo o stress e melhorando posteriormente o desempenho deste último.

“Meditação mindfulness ajuda a aumentar a ligação emocional ao ambiente, seja por levar as pessoas a estarem mais presentes às suas experiências ao ar livre ou por lhes diminuir o seu sentido de separação com o mundo natural.”

OBSERVAÇÃO DE AVES | BIRDWATCHING

É uma atividade recreativa que consiste na observação de aves no seu habitat natural, evitando ao máximo qualquer perturbação no mesmo. Portugal é um destino europeu de eleição para observação de aves.

O Paul de Manique tem inúmeras espécies de aves residentes e não residentes que podem ser observadas, para isso foi criado um local de observação para todos os admiradores de avifauna. Basta ter uns binóculos, um guia de campo, roupa confortável e alguma paciência para ver algumas das inúmeras espécies que estão ou que passam pelo Paul de Manique ao longo do ano.

OBSERVAÇÃO DE AVES | BIRDWATCHING

CONSELHOS AOS VISITANTES

CONSELHOS AOS VISITANTES

Desfrute do Paul de Manique, sempre com a consciência que este é um espaço de interesse para diversas espécies que deve respeitar e preservar quando o visitar.

Nessa visita não se esqueça de levar consigo os binóculos ou/e um telescópio e um guia de campo para ver e identificar as espécies.

vem conhecer
a união das freguesias

outros pontos de interesse a conhecer

VÍDEO

Manique do Intendente
Palácio dos Imperadores - Manique do Intendente
Praça dos Imperadores - Pelourinho - Manique do Intendente
Casa da Câmara - Manique do Intendente
gallery/3 - Pontos de Interesse em Manique do Intendente
gallery/4 - Pontos de Interesse em Manique do Intendente

vem conhecer
A União das freguesias

Praça dos Imperadores - Pelourinho

Casa da Câmara - Manique do Intendente

Palácio dos Imperadores - Manique do Intendente

CASTRO
CASTRO
PERCURSO PEDESTRE VILA NOVA DE S. PEDRO

Castro

Percurso Pedestre

Vila Nova de S. Pedro

DESCUBRA
DESFRUTE
PARTILHE

FACEBOOK

INSTAGRAM

YOUTUBE

FACEBOOK - MUNICÍPIO DE AZAMBUJA
INSTAGRAM - MUNICÍPIO DE AZAMBUJA
YOUTUBE - MUNICÍPIO DE AZAMBUJA

 

uma experiência única...
Visite-nos, fotografe e partilhe! 

 

 

FOLLOW US!

Vídeo Oficial Paul Natura
gallery/you paul

equipa

A NOSSA

gallery/FRAME
gallery/FRAME
gallery/FRAME
Presidente da Câmara Municipal de Azambuja
gallery/FRAME
gallery/Presidente
gallery/Silvino Lucio

Presidente da Câmara Municpal de Azambuja

Vice-Presidente

Presidente da União de Freguesias de Manique, Maçussa e Vila Nova de S. Pedro

Unidade Técnica de Ambiente e
Serviços Urbanos

Chefe de Divisão Infraestruturas
e Obras Municipais

gallery/FRAME
gallery/FRAME
gallery/FRAME

Vitor Encarnação

gallery/Pedro M
gallery/pres
gallery/2017-05-08 11.48.27
gallery/Imagem1

Geógrafo, Coordenador do CEMPA - Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas

 

gallery/José Ramalho

José Ramalho

Professor de Ciências Naturais na E.B.I. de Manique do Intendente

 

Paulo Rocha

Designer Ilustrador "Rabi Ruivo"

 

 

gallery/paulo
gallery/FRAME

Anabela Cruces

Professora da Faculdade de Engenharia da Universidade Lusófona; Investigadora no DREAMS - ULHT e no IDL - FCUL

 

gallery/new

ContactOs

Obrigado pela sua visita!

E-MAIL: paulnatura@cm-azambuja.pt
TELEFONE: +351 263 400 865

Universidade Lusófona
PAUL NATURA - GOOGLE MAP - GPS - LOCALIZAÇÃO
PAUL NATURA - GOOGLE MAP - GPS - LOCALIZAÇÃO
União das freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de São Pedro e Maçussa
Hubs Azambuja
EBI Manique do Intendente
Câmara Municipal de Azambuja

Localização

Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas
CEMPA
Faculdade de Engenharia
Faculdade de Engenharia
gallery/LOGOTIPO Casa do Povo
gallery/DREAMS_logo-color-1